top of page

Homem espalha mensagens de intolerância religiosa em Copacabana

Por Alessandro Valentim - diariodorio.com - carioca, jornalista e assessor de comunicação. Umbandista, escreve e pesquisa sobre as tradições e a discriminação às crenças afro-brasileiras.



No último domingo, 25, quem passou pela Rua Francisco Otaviano, em Copacabana, se deparou com mensagens de intolerância religiosa coladas nos postes e muros por um homem sem o menor receio de cometer um crime em plena luz do dia.


Frases como ‘’Só Jesus tira a Pombagira das pessoas’’ e ‘’Só Jesus tira a Iemanjá das pessoas’’, que revelam o ódio pela religiosidade afro-brasileira, não intimidaram as pessoas que passaram pelo local e retiraram as mensagens criminosas. Repreendido por pedestres, o homem foi embora depois de algumas horas de ação.


Para o administrador Matheus Miranda, umbandista, que presenciou a colagem dos cartazes e retirou parte deles, os preconceituosos se sentem livres para a prática do crime.


‘’Eles não têm medo nenhum. É como se valesse a pena a punição porque servem uma missão maior. A crença dessa gente está muito longe do amor e de qualquer religião. Alguém orquestra isso, alguém grande, que compartilha em massa esse pensamento doentio e criminoso’’, afirmou Miranda.


Outra mensagem preconceituosa foi direcionada contra a religiosidade cigana, o que também revoltou a cartomante e influenciadora digital Debyday Gipsy.


‘’Por um lado, nós assistimos à celebração da cultura cigana no Carnaval, enredo da escola vice-campeã do Rio. Por outro, infelizmente, testemunhamos mais uma vez um criminoso que desconhece totalmente a riqueza da diversidade. Essas pessoas não podem ficar impunes’’, desabafou a cartomante.





3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page